INSEJEC - Igreja Nacional do Senhor Jesus Cristo

Por qual das Coroas Vivo?

 Shalom, avivalistas que irão mudarão as nações da terra pela pregação do Evangelho! “E eu […]

 Shalom, avivalistas que irão mudarão as nações da terra pela pregação do Evangelho!

“E eu faço isto por causa do evangelho, para ser também participante dele. Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis. E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, uma incorruptível” (1 Co 9.23-25).

Qual é a coroa que me aguarda na eternidade?

Fico analisando por vezes o nível de nossa dedicação para obtermos realizações humanas e a nossa dificuldade de dedicação às coisas espirituais do reino de Deus. Vejo que temos que ajustar valores no coração.

Deus quer despertar vocações. Toda Igreja de Cristo na terra é chamada para ser como Jesus e fazer o que Ele fez. Falo aqui da necessidade de orarmos e levantarmos jovens, homens e mulheres de fato vocacionados ao ministério.

 

TUDO PELA GRADUAÇÃO – UMA COROA CORRUPTÍVEL

Por que um jovem pode passar 5 anos numa graduação enfrentando todo tipo de pressão imaginável e não imaginável para obter uma certificação em engenharia, computação, enfermagem, fisioterapia, letras, farmácia, odontologia, matemática, pedagogia, química industrial, secretariado, sistema de informação, marketing, arquitetura, administração, direito, contabilidade, medicina, e ninguém julga isso nada demais? Pelo contrário, todos aplaudem, elogiam, consideram linda a dedicação daquela moça ou do rapaz. Os pais até contam aos amigos a bravura dos filhos em passarem noites e noites acordados fazendo trabalhos, estudando para provas imensas, seminários, apresentações, etc. Como estas coisas são aplaudidas!!! Afinal, todo bom universitário que se preze já “ralou” muito na vida para dar conta do recado e cumprir suas tarefas.

 São histórias de provas difíceis, crises de choro, desejos de desistir do curso, mudar de professor, enfrentar chuvas para não perder aulas ou provas, suporta desconfortos físicos em sala de aula, calor ou frio intenso, noites fazendo maquetes, desenhando, calculando, escrevendo, decorando fórmulas, conceitos, suportando perseguição de professor ou buling dos colegas, noites e mais noites de plantões, estágios em tudo quanto é lugar, quase tendo uma estafa pra concluir as monografias ou TCCs, muito dinheiro gasto em transporte, alimentação, viagens para congressos, Xerox, livros e mais livros,

Se for estudar no exterior para um mestrado, intercâmbio ou doutorado é outra hitória de renúncia, saudade, solidão, às vezes depressão, humilhação e muitas horas de dedicação ao alvo supremo do coração.

Depois é uma luta pra conseguir um emprego. Entrevistas e mais entrevistas. Toma banho, se perfuma, faz a barba, compra uma roupa nova, um brinquinho, um batom, faz uma escovinha, tudo para ter uma boa aparência; estuda meses pra um concurso, noites sem fim, curte não sei quantas reprovações até conseguir. Quando começa a trabalhar vem o desafio de melhorar o salário ou de mudar de emprego. E assim vai… Uma trabalheira sem fim para obter uma vitória, uma coroa corruptível. Conforme o alvo, será a luta. Conforme a luta, será a vitória. Conforme a dedicação, será o fruto.

Todo esforço que se faz em busca das conquistas da vida secular é aprovado e até aplaudido pela sociedade. Afinal, o espírito que rege nossa sociedade é da luta pela coroa corruptível tão somente. No entanto Deus está chamando uma geração que queira se gastar até a última gota de sangue pra trazer a existência na Terra o Seu propósito (coroa incorruptível). Se para as conquistas terrenas nos gastamos tanto, o que então poderemos fazer para as conquistas espirituais?

UMA CENSURA

O diabo coloca uma espécie de CENSURA na sociedade, na família e até mesmo dentro de muitos corações de crentes que estranham, censuram, perseguem, criticam pesadamente e zombam de qualquer dedicação a mais que um jovem, um homem ou uma mulher possa ter pelas coisas espirituais.

A primeira coisa que se questiona é a SANIDADE MENTAL da pessoa. Será realmente que a moça ou o rapaz são normais de verdade? Afinal para que se entregar tanto assim pelo reino de Deus? Será que não foi uma lavagem cerebral que fizeram nele? Será que perdeu a mente? Será que é rejeição em manifestação para chamar atenção para si com as coisas espirituais? Será que fulano é normal mesmo ou está tendo alucinações com toda esta vontade de servir a Deus?

Esta censura acompanhou a Jesus em Seu ministério e nós também não estamos livres dela. Devemos lidar bem com ela e não deixar que amarre nossos pés por nenhum minuto sequer.

Enquanto os meninos estão pensando somente em ganhar dinheiro mais e mais, casarem, graduarem-se, ou pós graduarem está tudo ótimo. Mas basta alguém começar a pensar em servir a Deus no ministério, ainda que não seja tempo integral, começa a insegurança:

“Mas eu investi tantos mil reais em você em escola particular desde pequeno pra você pender agora pra ser pastor (tem uns que dizem o valor calculado)? Mas vai viver de que? Ser pastor? Isso é loucura, meu filho! Que retorno financeiro você terá com isso? Pense bem! Seja apenas um líder de célula que já lhe ocupa tempo demais, tá bom! Deixe pra se envolver com isso depois dos 30 ou dos 40. Enquanto você tiver papai e mamãe ainda terá amparo e depois? Cuidado, isso é perigoso! Você vai se desgastar muito!”   Como se Deus não se responsabilizasse por quem Ele chama.

Lembro-me muito bem dos primeiros dias em que me decidi por assumir um chamado de Deus em minha vida. Quantas vezes alguns muito queridos passaram a olhar-me de modo desconfiado, como se eu desequilibrada, primeiro por ter me convertido e depois por me entregar a um chamado ministerial. Compreendo a razão de suas desconfianças. Elas me fizeram chorar muitas vezes, passar dias de solidão em meus posicionamentos, mas o Senhor YHWH me ajudou a não parar nelas.

Compreendo a necessidade do Espírito Santo despertar vocações em nossa geração como nunca antes acontecera. É uma urgência. Pois isso fala da continuidade da missão de Jesus. Mateus 28:18-20 é tão atual quanto nos dias de Jesus. “Ide por todo mundo e fazei discípulos”. Esta é a nossa missão. Preciso me certificar que quando eu deixar a Terra, alguém vai continuar fazendo o que Deus me chamou para fazer. Não compreendo exatamente tudo, mas isso arde muito em meu coração.

 Tenho a sensação que cada dia é precioso para formar os discípulos, investir neles, orar por eles, orientá-los até onde posso e alcanço, de modo que quando não mais estiver por aqui, eles possam levar adiante fazendo à mesma coisa com outros (2 Tm 2:2). Tenho que me assegurar que deixaremos continuadores da grande comissão na terra. Não posso perder os dias, pois quando a minha voz se calar, eu tenho que ter dezenas de outros que continuarão a falar o que Jesus gostaria de falar hoje.

 

UMA EXCELENTE MISSÃO

Não quero aqui menosprezar as profissões. Sou profissional também. Tenho graduação, também fiz cursos de aperfeiçoamento a seguir. Porém quero aqui destacar a excelência de servir a Deus no ministério. É possível conciliar profissão e ministério sim. Claro que nossas profissões devem estar a serviço do reino de Deus. Elas nos serão úteis ao longo do caminho.

Quero destacar aqui a importância que é dar continuidade ao ministério de Cristo na Terra (1 Tm 3:1). Isto é mais excelente do que qualquer graduação, certificação, título humano, pois quando eu partir da terra, eles não me acompanharão, mas o que tiver feito para o reino de Deus, isso sim levarei comigo para a eternidade. Por isso temos que viver pensando na dimensão da eternidade e não somente no hoje, no agora, no ter, no poder, nas conquistas humanas. Elas são boas, mas são limitadas e passageiras.

 

TUDO PELO PROPÓSITO – UMA COROA INCORRUPTÍVEL

Minha oração nesses dias é que Deus levante um exército de jovens vocacionados ao ministério, apaixonados por Jesus, dispostos a pagar o preço que for, de se dedicarem o quanto for necessário, de “ralarem” o que tiverem que “ralar”, de passar noites, dias, madrugadas, seja o que for para cumprir o propósito de Deus na Terra. Afinal se por uma realização humana quase nos matamos de trabalhar, de estudar, imagina por algo com resultados eternos? Ah, quão glorioso é gastar a juventude para o reino de Deus (Mt 16:24 – Mt 6:33).

I Coríntios 9:25 – “E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma COROA corruptível; nós, porém, uma incorruptível”.

Bendita coroa incorruptível é a que nos aguarda. Que maravilha é poder levar alguém a se reconciliar com Deus e experimentar a salvação eterna. Interferimos no curso da história das pessoas. Temos a oportunidade de influenciá-las quanto ao seu destino final. Somos fazedores de histórias (history makers)!!! Aleluia!!!!!!!! Podemos levar saúde ao enfermo, paz ao aflito, libertação ao encarcerado da alma, alívio ao angustiado, amor aos rejeitados, paz as famílias, restauração aos casamentos, perdão aos lugares mais marcados pela separação e pelo ódio, estender a mão ao que está na beirinha do abismo!!! Que glorioso poder levar pão ao faminto, água ao sedento, salvação ao que está caminhando rumo à perdição eterna!!! Que chance Deus está me dando!! Que oportunidade maravilhosa é a nossa!!! Bendita coroa é a que aguarda todos os que se gastam pelo propósito de Deus!!!

O Espírito nos chama a gastarmos nossa juventude para trazermos Atos dos Apóstolos de volta aos nossos dias. Impossível? Não. Desafiador, sim.

 Feliz Avivamento!!!

VALE A PENA SER PROFETA
(Ludmila Ferber)

Nem que Deus providencie
Corvos pra me alimentar
E eles tragam pão e carne
Toda vez que o sol raiar
E haja sempre água nas fontes
Onde Deus me colocar
E,cruzando um deserto,
Eu não pare de adorar
Eu não pare de adorar

Pois, eu tenho visto
O quanto eu preciso aprender
Através de cada dor
Cada uma tem porquê
Cada uma me ensina a ser melhor
E a depender mais de Deus
E menos de mim
Mais de Deus
E menos de mim

Os meus olhos, meu olhar
O meu jeito de falar
Tem que ser a expressão
Da mesma essência do Senhor

Vale a pena o que vier
Mesmo que eu sinta dor
Nada poderá sequer tocar
Na Tua unção em mim
Na Tua unção em mim

(CORO)

Vale a pena ser profeta
Vale a pena ser pastor
Vale a pena ser discípulo
Amigo,  Teu adorador
Vale a pena ser Teu filho
Vale a pena Te servir
Vale a pena ser fiel
Só assim eu sou feliz

+ Artigos