#100dias – 96 – O propósito da Unção

#100dias – 96 – O propósito da Unção

Postado por em abr 25, 2014 no 100 dias - Plenitude da Unção, Blog

#100dias – 96 – O propósito da Unção

#100DiasDeJejumEOração

DIA 96 (26.04) – UNÇÃO X IDENTIDADE (2)

O PROPÓSITO DA UNÇÃO

SEPARAR

Unção significa separação. Você foi separado para Deus. Conforme Êxodo 30:22-30, quando pessoas e objetos eram ungidos, estabelecia-se que estavam separados para o serviço de Deus. Por esta razão eram chamados “santos”, isto é, separados para o uso exclusivo de Deus.

A unção era feita para separar alguém para uma determinada posição ou tarefa. Era uma cerimônia de consagração, dedicação. Tudo quanto era ungido, se colocava em uma nova posição, fossem pessoas ou objetos, eram santos ao Senhor.

EXEMPLOS:

Jacó unge uma coluna como Casa de Deus (Gênesis 28:18,22).

A unção do Tabernáculo e seus utensílios, os tornam santos (Êxodo 40:9-11).

Arão e seus filhos são ungidos e se tornam sacerdotes do Senhor: “Farás também chegar Arão e seus filhos à porta da tenda da congregação… Vestirás Arão das vestes sagradas, e o ungirás, e o consagrarás para que me oficie como sacerdote. Também farás chegar seus filhos, e lhes vestirás as túnicas, e os ungirás como ungiste seu pai, para que me oficiem como sacerdotes; sua unção lhes será por sacerdócio perpétuo durante as suas gerações” (Êxodo 40:12-15).

Barnabé e Saulo são ungidos, separados para o apostolado: “E, servindo eles ao Senhor e jejuando, disse o Espírito Santo: Separai-me, agora, Barnabé e Saulo para a obra a que os tenho chamado” (Atos 13:2).

HABILITAR

A unção tem o propósito de habilitar. Vemos isto de modo claro na vida de Jesus, conforme relato do profeta Isaías, repetido por Lucas 4:18-21: “O Espírito do SENHOR Deus está sobre mim, porque o SENHOR me ungiu para pregar boas-novas aos quebrantados, enviou-me a curar os quebrantados de coração, a proclamar libertação aos cativos e a pôr em liberdade os algemados; a apregoar o ano aceitável do SENHOR e o dia da vingança do nosso Deus…” (Isaías 61:1-3).

“Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com poder, o qual andou por toda parte, fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com Ele” (Atos 10:38).

O mesmo ocorreu em relação aos discípulos: “mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra” (Atos 1:8).

TRANSFORMAR

A unção traz consigo um elemento transformador. Confere-nos uma nova identidade, para que possamos desenvolver a missão que temos na Terra.

A unção do Espírito de Deus veio sobre a nossa vida com este objetivo: mudar a nossa identidade, para que possamos realizar aquilo para o que Deus nos chamou.

São muitos os exemplos bíblicos do poder transformador da unção, mas olhemos para dois deles: Saul e Davi.

O relato bíblico informa: Saul é ungido e tem o coração mudado.

“Tomou Samuel um vaso de azeite, e lho derramou sobre a cabeça, e o beijou, e disse: Não te ungiu, porventura, Yahweh por príncipe sobre a sua herança, o povo de Israel?” (1 Samuel 10:1).

“O Espírito de Yahweh se apossará de ti, e profetizarás com eles e tu serás mudado em outro homem” ( 1 Samuel 10:6).

“Sucedeu, pois, que, virando-se ele para despedir-se de Samuel, Deus lhe mudou o coração; e todos esses sinais se deram naquele mesmo dia” (1 Samuel 10:9).

Davi é ungido e o Espírito do Senhor se apodera dele: “Tomou Samuel o chifre do azeite e o ungiu no meio de seus irmãos; e, daquele dia em diante, o Espírito do SENHOR se apossou de Davi (1 Samuel 16:13).

Ele era pastor. Via-se como tal. Tinha a identidade de pastor. Mas no momento em que o Espírito de Deus veio sobre ele, por causa da unção, dentro do seu coração foi transformado em rei, adquiriu uma nova identidade.

Os discípulos são transformados em testemunhas, pela unção do Espírito Santo: “Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra” (Atos 1:8).

“Tendo eles orado, tremeu o lugar onde estavam reunidos; todos ficaram cheios do Espírito Santo e, com intrepidez, anunciavam a palavra de Deus” (Atos 4:31).

ENSINAR

Embora no momento em que nos vem a unção, sejamos legalmente separados para Deus; apesar de sermos considerados santos ao Senhor; a despeito de provarmos uma transformação e de, legalmente, adquirirmos uma nova identidade, conviver com a unção requer aprendizado.

Precisamos de habilidade divina e ela está presente na unção, através do ensino. Eis a garantia: “Quanto a vós outros, a unção que dele recebestes permanece em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina a respeito de todas as coisas, e é verdadeira, e não é falsa, permanecei nele, como também ela vos ensinou” (1 João 2:27). “E vós possuís unção que vem do Santo e todos tendes conhecimento” (1 João 2:20).

Temos o conhecimento! O que é isto? A Fonte de toda a sabedoria vive dentro de nós! O Espírito conhece as coisas de Deus, e o nosso espírito nos conhece (1 Coríntios 2:10,11).

Quando somos recriados, o Espírito de Deus passa a habitar em nosso espírito. Ele recebe de Deus a informação, transmite-a ao nosso espírito, este a passa à nossa mente, e, então, abrimos a boca e comunicamos aquilo que vem diretamente do Trono da graça, agindo de acordo com a informação.

Temos o conhecimento! Todo aquele que nasceu de novo, tem uma unção, tem um conhecimento, pode entender as coisas do Espírito, e tem um testemunho dentro do seu coração.

ORAÇÃO

Pai, que maravilha mergulhar na obra do Teu Espírito! Jamais conseguirei agradecer-Te o bastante pela graça de Sua presença em mim, recriando-me, transformando-me e ungindo-me para ser canal transparente do Teu amor e graça. Graças pela unção que me separa para Ti, transforma, habilita e ensina a andar em linha com o Teu querer. Amém!

    2 Comentários

  1. Pai, eu louvo por esta ministração,peço ao Espírito Santo
    que transforme,me ajude colocar a minha vida, meu coração
    a disposição do Seu Espírito para que Ele opere em mim segundo a sua vontade amem

  2. Eu não tenho duvida, sei que o Senhor tem algo para mim nessa convenção, mesmo não podendo estar la pessoalmente, creio que receberei através da internet, aqui em minha cidade, o que o Senhor tem para mim, Já assisti a abertura e já fui muito abençoada, e creio que o melhor ainda esta por vir nos próximos dias, obrigado Jesus pela tecnologia e por poder assistir ao vivo tamanha benção.

Post a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *